sexta-feira, 29 de abril de 2011

No silêncio da tarde,
ao contemplar o mundo,
percebo que ele é tão somente
uma exte...nsão de mim mesmo.

minhas dores, minhas dúvidas,
minhas guerras, meus medos, minha sombra
rejeitada, porém ativa.

A qual abraço e aceito.
minha alma cativa
desde outras eras,
encerra o cárcere
vislumbrando a luz outrora perdida.

By Elisa

Nenhum comentário:

Postar um comentário