sexta-feira, 29 de abril de 2011

No silêncio da tarde,
ao contemplar o mundo,
percebo que ele é tão somente
uma exte...nsão de mim mesmo.

minhas dores, minhas dúvidas,
minhas guerras, meus medos, minha sombra
rejeitada, porém ativa.

A qual abraço e aceito.
minha alma cativa
desde outras eras,
encerra o cárcere
vislumbrando a luz outrora perdida.

By Elisa

terça-feira, 26 de abril de 2011

Busca

adoro a forma como a agua escapa pelos cantos das pedras,
apregoando liberdade....
louca, alucinada em direção ao oceano!!!!

terça-feira, 19 de abril de 2011

Rumo a estrada...

há dias que chegamos,
outros partimos
a vida é um corredor
uma passarela
nós...
peregrinos,viajantes,
andarilhos por estradas e
caminhos sem fim.


paisagens que mudam
criam e recriam
tempos,momentos
sentimentos


sei que vou,
ficar?
meu ser tem fome de ir...
minha alma  parada...voa!

domingo, 17 de abril de 2011

sexta-feira, 8 de abril de 2011

...

" Sou poeta porque preciso,
escrevo pra não perder o juízo."

Elis

Medo de caminhar...

"as vezes nos encontramos em uma estrada escura , cujas saídas tbém são escuras, mas o fato de serem escuras não quer dizer que sejam ruins, elas apenas são desconhecidas. Caminhos que fogem do nosso conhecimento; por isso exitamos e tememos. Mas se ousarmos dar os passos necessários em direção ao desconhecido podemos nos deparar espantosamente com a luz!"







Elisa