segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Flores

Tê-la em mãos
Tao como flôr
Inocente beleza
Amar sem pudor


Teus labios serenos
Tua pele macia
Castigam meu ser
Em puro desejo


No brilho dos olhos
Alcanço tua alma
Enxergo teu ser
Amo em lhe ter


Exausto, deito
Observo teu corpo
Esplendita visão
Trazendo-me conforto

By Alysson(zÉ)





Nenhum comentário:

Postar um comentário