sábado, 16 de julho de 2011

Divagações....

o bom de se sentir livre, é que você é e faz
o que você quer fazer, sem culpa, sem
condenação, sem medo, sem reticências,
nem ponto final.
E nisso a gente vai se conhecendo,
se vendo como nunca tinha se visto,
por meio de outros olhos,
olhos que não estão viciados na sua imagem,
nem na imagem que criaram de você

terça-feira, 12 de julho de 2011

Asas pra que te quero!!!??

Alguns me deram asas,

outros disseram que eu não podia voar...

mas descobri minha essência,e

as asas que tenho não são pra enfeitar...
by Elisa

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Divagações...

" agora meu transporte na vida só tem acelerador, removi a ré, impossivel andar para tráz, se entrar em uma rua sem saída, certamente irei  voar..."

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Vida em movimento

" tenho um receio quase prazeroso que um furacão permaneça dentro de mim. Porque no final o que alma busca é o movimento das águas, o derramar das cachoeiras, as correntezas dos rios, o quebrar das ondas....as tempestades! A alma fica entediada quando águas estão paradas...morta, nada vive em um ambiente assim."

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Aspirações

Que vontade de fugir,
fugir do mundo.
Que vontade de correr,
Correr de tudo.
Buscar um refúgio em uma
estrela distante, quem sabe um planeta
ou um ser errante.

By Elisa

sexta-feira, 10 de junho de 2011

...

Vi homens e mulheres em busca de si mesmo.
Fragmentos desconexos,perplexos,
frases incompletas,
histórias não escritas, perdidas.


Guerreiros feridos,
resistindo sozinhos
a dor da perda,
e a batalha perdida.


Não buscam mais aliados,
viver agora é simplismente sobreviver...
dia após dia, pra então num outro enfim morrer!


By Elisa

sexta-feira, 29 de abril de 2011

No silêncio da tarde,
ao contemplar o mundo,
percebo que ele é tão somente
uma exte...nsão de mim mesmo.

minhas dores, minhas dúvidas,
minhas guerras, meus medos, minha sombra
rejeitada, porém ativa.

A qual abraço e aceito.
minha alma cativa
desde outras eras,
encerra o cárcere
vislumbrando a luz outrora perdida.

By Elisa

terça-feira, 26 de abril de 2011

Busca

adoro a forma como a agua escapa pelos cantos das pedras,
apregoando liberdade....
louca, alucinada em direção ao oceano!!!!

terça-feira, 19 de abril de 2011

Rumo a estrada...

há dias que chegamos,
outros partimos
a vida é um corredor
uma passarela
nós...
peregrinos,viajantes,
andarilhos por estradas e
caminhos sem fim.


paisagens que mudam
criam e recriam
tempos,momentos
sentimentos


sei que vou,
ficar?
meu ser tem fome de ir...
minha alma  parada...voa!

domingo, 17 de abril de 2011

sexta-feira, 8 de abril de 2011

...

" Sou poeta porque preciso,
escrevo pra não perder o juízo."

Elis

Medo de caminhar...

"as vezes nos encontramos em uma estrada escura , cujas saídas tbém são escuras, mas o fato de serem escuras não quer dizer que sejam ruins, elas apenas são desconhecidas. Caminhos que fogem do nosso conhecimento; por isso exitamos e tememos. Mas se ousarmos dar os passos necessários em direção ao desconhecido podemos nos deparar espantosamente com a luz!"







Elisa

segunda-feira, 21 de março de 2011

Mulher e Menina

Hoje me sinto dividida,
entre ser menina ou ser mulher!
o espelho insiste em dizer que envelheci
mas dentro em mim,acabo de nascer!

Uma vida repentina despertou meu ser,
só sei que quero, e quero querer viver!
sim tenho medo, mas agora ele me serve de arreio,
pra que eu possa ir mais longe!

Se for pra ser mulher,
quero ser mulher de asas, e traçar meus vôos
em direção ao desconhecido!
se for pra ser menina,
quero ser menina doce, e viver de amores!

Decido ser hoje o que nunca fui,
menina livre,
mulher por inteiro.

By Elisa

domingo, 13 de março de 2011

Quem é louco?

eis que ele vinha andando,
com passos de bailarina,
movimentos suaves e leves
com uma sombrinha aberta.
lembrou-me charles chaplin.
parecia um louco, um sorriso torto
mas marcante, expressando alegria.
alegria de verdade!
e a avenida mudou de cor enquanto ele passava.
era um homem que dançava,
em plena luz do dia em uma avenida movimentada.
ele exalava  vida
e inspirava vontade...
vontade de voar,
algumas pessoas tem o poder
de nos lembrar que temos asas!
foi uma manha mágica,
em minutos levantei vôo e percorri os céus,
e do alto ainda pude contemplar, o homem
com sua sombrinha que bailava pelas ruas esbanjando alegria.

By Elisa

quinta-feira, 3 de março de 2011

Gestando

estou grávida,
de uma casa,sem portas,
nem janelas,sem paredes
e sem vielas,
e quando ela estiver pronta,
não mais terei limites!

by elisa

Meu silêncio...

Meu silêncio é fruto da dúvida,
dos questionamentos....
não é produto de uma calma,vivida por minha alma.
pelo contrário, ha uma tempestade muda dentro de mim.

Ora desola, ora desloca, sufoca.

Meu silêncio, é fruto da indignação,
da dor...da entrega...da razão!
não é paz que enche o coração.
pelo contrário, um vulcão explodiu em meu ser.

Ora queima, ora fere, desorienta.

Meu silêncio  é fruto do não-conformar,
do não aceitar...de reivindicar...da justiça!
não é descanço que trago nos olhos.
pelo contrário, um rio de lágrimas se esvai...

ora molha, ora limpa, lava!

by Elisa

sábado, 19 de fevereiro de 2011

LUA CHEIA

"Eu não estou distraída,
é que estava admirando o céu parir a lua!"

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Tarde

a tardinha o sol se escondia tao bem.

e até parecia que ele tava nascendo de novo!
o céu ficava avermelhado,parecia que tava com vergonha...
constrangido com tamanha beleza!
não tem como descrever,
parecia um gozo,
parecia um doce,
parecia um sonho..
acho que era mesmo é manifestação da vida!

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Reviver

A mudança é necessária, pois o presente se despede 
e o agora nos da boas vindas...
Precisamos viver, evoluir e sentir!
Sei que o que passou não se altera-rá, 
mas sei que o que virá pode ser diferente, 
deve ser diferente e assim será!


By Zé....fragmentos

Mudança

O tempo se vai
como um rio que corre
igual a um coração que pulsa
constantemente e sem fim

As mudanças são necessárias
para que continue o inimterrupto
a flôr da pele sentimos
o calor da impermanência vivida

E  frente aos olhos vemos
imperenes ciclos
sem fim

porque o fim nada mais é
do que o começo



By Zé

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Flores

Tê-la em mãos
Tao como flôr
Inocente beleza
Amar sem pudor


Teus labios serenos
Tua pele macia
Castigam meu ser
Em puro desejo


No brilho dos olhos
Alcanço tua alma
Enxergo teu ser
Amo em lhe ter


Exausto, deito
Observo teu corpo
Esplendita visão
Trazendo-me conforto

By Alysson(zÉ)





sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

AMANDO A SOLIDÃO

No escuro da noite uma voz me falou:
- Ame a solidão, como a coisa mais pura que você já encontrou!
Ame-a como o sol ama a chuva que lhe da descanço,
Ame-a como o vento ama as colinas,que lhe impõe limites.
Ame-a como as águas amam seu curso, que sempre descem...
escorregando em meio as pedras,sem questionar porque descem!
Ame-a como a primavera ama o outono, tempo onde as folhas se renovam!
Ame-a como a força ama a fraqueza, que é o único lugar onde ela se manifesta!
Ame-a como a loba ama seus filhotes, açoitando-os para que se façam independentes!
Ame-a como sua fiel companheira, amiga de muitas eras.
Ame-a e permita-se ser amada por ela.

by Elisa

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Coração Pulsante

'o que gosto mesmo, é quando minha alma se perde e todos os meus sentidos afloram: sinto o vento bater forte na minha face, e as flores tem um cheiro adocicado,posso apalpar o ar com um simples toque, ouço um canto que ecoa do mais profundo do meu ser, e os meus olhos, ahhh os meus olhos eles se perderam no azul do céu em meio ao brilho do sol, a vida esta pulsando dentro de mim."


By Elisa

sábado, 29 de janeiro de 2011

Amor correspondido

Vou amar, como jamais amei ninguém,
doar-me completamente,
todas as minhas forças,
todos os meus sonhos,
minha energia,
meu corpo,minha alma,
meu espírito.
fazer desse amor,
minha maior aventura,
minha filosofia de vida,
minha busca e descoberta
minha  única e última entrega.
esse amor será meu guia,
um deus no meu interior
eterno,intenso e inteiro amor.
amor sem limites,
sem tréguas,sem regras.
amor sem pudor,sem vergonha,
transparente,sem medo da dor.
amor que se aprende só,
independe do outro.
amar o meu ser,
todos os detalhes do que sou,
assim como sou,
amar a mim mesma!

By Elisa

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Lua Crescente

Tem dias em que desejo ser lua, e iluminar os homens

desfilar pelo céu totalmente nua sem medo ou pudor
passar a noite espiando becos,vielas, vales e montanhas,
Ouvindo o silêncio das estrelas, o susurro das matas
e o canto dos pássaros.
É tem dias que desejo ser lua, pra conhecer os segredos das eras,
ouvir as histórias da terra,
ser chamada de linda e inspirar poesias.

By Elisa

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Destino

É que as vezes eu me entrego
assim feito água, quando se derrama
na cachoeira...

e vou deslizando em meio as pedras,
ora batendo de forma violenta,
ora acariciando o que não aceita carícias.

apesar de parecer que desço sem rumo,
no fundo, desde o ínicio, quando
deixei a nascente,  já sabia onde ia chegar.

é que as vezes  eu esqueço...
me lanço em desespero descendente....
e me perco no silêncio das matas fechadas.

eu nasci pra isso,
pra descer as montanhas,
e circular pelos vales, abrindo caminhos,
buscando passagens.

não é um objetivo,
nem mesmo um carma..
vocação? talvez!
chamado?não sei!

sei que desço,
feito lágrimas no rosto de criança...
meu destino?
é desaguar no oceano!

By Elisa